É possível cuidar de um cão mesmo sem muito dinheiro – Araraquara News

É possível cuidar de um cão mesmo sem muito dinheiro

Canal do Pet

Economizar faz parte, mas dá para adotar um amigo sem grandes problemas

Antes de adotar um cãozinho é bom estar ciente de que o animal demanda alguns cuidados específicos e por vezes caros. É importante que o tutor esteja preparado para dar ao pet tudo que for necessário e essencial.  Afinal, ter um animal em casa é o mesmo que o um filho às vezes.

+Animais também tiram selfie e fazem umas caretas ótimas

É possível cuidar de um cão mesmo sem muito dinheiro

É possível cuidar de um cão mesmo sem muito dinheiro

Foto: Reprodução/ Redes Sociais


Mas e se a pessoa é de baixa renda não pode ter um pet? Claro que não. O baixo orçamento pode ser repensado e tudo depende do planejamento que cada um dá para o dinheiro. Até porque o cão vai apreciar muito mais a companhia do tutor do que de qualquer brinquedo caro.

Adote um companheiro

Em vez de comprar um cão de raça, que tal escolher um amiguinho para adotar? O primeiro costumava custar caro, apesar de também ser lindo. Optar por ONGs e abrigos pode ajudar a resgatar um cãozinho da rua, oferecer muito amor e um lar a ele. Além disso, grupos na internet também compartilham cães que precisam de uma família.

+Por quê escolher um cão vira-lata na hora de adotar?

Devo economizar?

É sempre bom tentar economizar, mas em alguns casos o barato pode te dar mais prejuízo. O ideal é pagar por preços acessíveis em materiais de qualidade. De nada adianta comprar uma coleira, por exemplo, que seja uma bagatela se ela arrebentar em uma semana de uso. 

O comando 'junto' melhora até a qualidade dos passeios diários com o animal

O comando ‘junto’ melhora até a qualidade dos passeios diários com o animal

Foto: shutterstock


Brincadeiras 

Brrinquedos costumam fazer os cães bem felizes e eles simplesmente não estão interessados no valor que você pagou. Se for caro e ele não gostar, vai apenas ignorar. Afinal, nem sempre o que tem maior preço é o melhor.

Para isso, inclusive, é possível criar brinquedos em casa mesmo, como garrafas pets ou meias velhas que já estão rasgadas. 

+Aprenda a fazer brinquedos para cachorro reciclando objetos de casa

Como economizar nos petiscos

Petiscos caninos industrializados não são baratos, pacotes pequenos já são bem caros, mas a vontade de agradar o cãozinho é maior. Para economizar, existe uma opção prática e que os cães adoram: biscoitinhos caseiros. Além de serem fáceis de preparar, você mesmo pode fazer. 

O primeiro passo é levar o pet ao veterinário

O primeiro passo é levar o pet ao veterinário

Foto: shutterstock


Petiscos naturais também são mais em conta e saudáveis, além de agradarem o cão do mesmo jeito. Os animais amam algumas frutas e legumes, basta se informar sobre a maneira certa de fazer isso. Um pedacinho de banana ou de cenoura pode alegrar muito seu amigão.

+Fotos de gatos tão dramáticos que merecem ganhar um Oscar!

Economizando em hospedagem

Hoteizinhos para cachorro e pet sitter são serviços que podem dificultar a vida de quem está com um orçamento baixo. Caso precise viajar e não tiver outro jeito tudo bem, mas se algum familiar ou amigo puder tomar conta do cãozinho é uma boa opção. Mas é claro que a pessoa não tem obrigação nenhuma de aceitar cuidar do seu pet. 

Do contrário, é bom desembolsar um pouco mais de dinheiro. No entanto, você também pode encontrar descontos e promoções, basta procurar. Hospedagem domiciliar pode sair mais barata e segura do que hotelzinho e é válido pesquisar.

O diagnóstico da filariose em cães pode ser feito apenas por um veterinário

O diagnóstico da filariose em cães pode ser feito apenas por um veterinário

Foto: shutterstock


Veterinário

Existem veterinários bons e acessíveis, sem precisar gastar muito para seu cão ser bem tratado. Também são realizados mutirões de vacinação e consultas grátis, é só ficar atento para quando ocorrerem perto de sua casa.

+”Não sei em qual veterinário levar meu pet”: saiba como escolher um adequado

Fazer uma poupança para emergências, ainda que seja pequena, é uma boa ideia. Afinal, os cães só tendem a ficar mais doentes quando estão na velhice. E se eles apresentarem algum problema de saúde o tutor já vai ter um dinheiro guardado.

Mais informações sobre PET

veja mais

Seu cão precisa passear mais? Entenda os sinais que ele dá

Publicidade
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com