Preço da gasolina pode ter maior alta em 13 anos – Araraquara News

Preço da gasolina pode ter maior alta em 13 anos

Cobertura completa da Operação Lava Jato

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Aumento dos preços dos combustíveis já é visto pelos postos do país

 

Com o anúncio do aumento da tributação sobre combustíveis anunciado nessa quinta-feira (20), o preço da gasolina pode ter a maior alta desde o início da série semanal da Agência Nacional do Petróleo (ANP), em 2004.

Os postos já começaram a receber combustíveis com novos preços ontem (21). O aumento anunciado pelo governo e que chegará aos consumidores é de R$ 0,41 por litro da gasolina, se repassado integralmente. A alíquota do PIS Cofins passou de R$ 0,38 para R$ 0,89. De acordo com levantamento do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes de São Paulo (Sincopetro), a gasolina já veio R$ 0,4075 mais cara, quase equivalente ao aumento anunciado.

Temer diz na Argentina que população entenderá reajuste na gasolina: “Este é um governo que não mente”

Com base no preço médio nacional registrado pela ANP na última semana, a alta na gasolina será de 11,7%, passando de R$ 3,485 a R$ 3,895. O repasse aos consumidores já começou a ser notado pelo país e o litro da gasolina chegou a R$ 3,99 em Macapá nessa sexta, de acordo com reportagem do portal G1.

Protesto

Para protestar contra a alta, os donos de postos de gasolina pelo país colocarão faixas pretas sobre as placas de preço dos combustíveis, demonstrando “luto” por causa do aumento. De acordo com o blog do jornalista Gerson Camarotti, ainda não há data definida para o protesto, mas que deve acontecer em breve. Os donos dos postos não querem ser vistos como “vilões”.

Leia mais: Temer assina decreto que eleva impostos sobre combustíveis e corta R$ 5,9 bi do orçamento

Governo decide aumentar imposto sobre combustíveis

Fonte: Congresso em Foco

veja mais

Prisão domiciliar: mulheres com filhos pequenos lutam pelo benefício concedido a presos da Lava Jato