Araraquara News

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024

🔴 Ao vivo

Geral

Projeto cria limite anual de gastos com apostas esportivas: Entenda a nova regulação!

Sua opinião sobre: A Regulamentação das Apostas Esportivas!

Wagner Santos
Por Wagner Santos
Projeto cria limite anual de gastos com apostas esportivas: Entenda a nova regulação!
Imagem: freepik.com
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Visando combater o risco de endividamento excessivo por parte dos adeptos das apostas esportivas, um novo Projeto de Lei está em avaliação na Câmara dos Deputados. A medida propõe um limite nos gastos anuais dos apostadores, estabelecendo que este teto seja de até 10% dos rendimentos declarados no Imposto de Renda do ano anterior. A iniciativa busca uma gestão mais segura e responsável das finanças pessoais, introduzindo penalidades para aqueles que ultrapassarem a quantia permitida.

O deputado Ricardo Ayres, autor da proposta, destaca que o controle de gastos em casas de apostas como a stake apostas, por exemplo, não apenas preserva a liberdade individual de participação no mercado, mas também serve como uma proteção contra os danos financeiros que podem ocorrer por conta do vício neste tipo de atividade. A fim de assegurar o cumprimento da nova regra, instituições financeiras e operadoras de apostas esportivas deverão implementar sistemas que monitoram e controlam o montante gasto pelos cidadãos.

Sua opinião sobre: A Regulamentação das Apostas Esportivas

O Projeto de Lei 2843/23 propõe uma abordagem preventiva ao problema do superendividamento causado pelo vício em apostas esportivas. Por meio de mecanismos de controle, busca-se estabelecer um limite anual de gastos com esse tipo de entretenimento.

Publicidade

Leia Também:

Aspectos chave do PL 2843/2023:

  • Estabelece um teto de gastos anual para apostas esportivas.
  • Implementa sistemas de controle e monitoramento para garantir a aderência ao limite estabelecido.
  • O autor da proposta, o deputado Ricardo Ayres, argumenta em defesa da proteção contra riscos financeiros decorrentes do vício.

Entidades envolvidas na legislação:

  • Comissões de Defesa do Consumidor.
  • Comissões de Finanças e Tributação.
  • Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

O projeto alinha-se ao Código de Defesa do Consumidor e às preocupações com a integridade esportiva, enfatizando a necessidade de regulamentação das apostas de quota fixa. Medidas adicionais, como a prevenção da lavagem de dinheiro e a proteção de menores de idade, também são contempladas no escopo da proposta.

Métodos de fiscalização:

  • Quota fixa: Limites de gastos baseados em uma porcentagem fixa da renda do apostador.
  • Acompanhamento rigoroso das atividades de casas de apostas para coibir atividades ilícitas.

A legislação proposta visa fortalecer a estrutura de regulamentação e fiscalização do mercado de apostas esportivas no Brasil de maneira responsável. Se aprovada, a medida pode representar um avanço significativo tanto para a proteção do consumidor quanto para a saúde fiscal dos cidadãos envolvidos diretamente neste tipo de atividade econômica.

Comentários:
Wagner Santos

Publicado por:

Wagner Santos

Saiba Mais

🚀 Aumente vendas e reforce sua marca! Anuncie aqui, alcance mais clientes