Araraquara News

Inscreva-se em nosso Youtube

. Ao vivo

Futebol/Ferroviária

Eliminação ainda repercute na Ferroviária: "Facada no coração de cada torcedor afeano"

Marcelo Teixiera lamentou também a ausência do VAR na Copinha.

Eliminação ainda repercute na Ferroviária:
Futebol Interior
Imagens
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
 

A polêmica expulsão do Victor Hugo e a eliminação na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior ainda repercutem na FerroviáriaMarcelo Teixeira, superintendente das categorias de base da Ferrinha, usou as redes sociais para externar sua revolta.

“Está encerrada a participação da Ferroviária na Copinha. O lance abaixo, que resultou em inexplicável cartão vermelho para o atleta da Ferroviária, representa a facada que foi dada no coração de cada torcedor afeano, de cada atleta da equipe da Ferroviária e de todos os profissionais e dirigentes envolvidos no trabalho de base realizado pelo clube”, diz parte do texto do dirigente.

POLÊMICA!
Marcelo Teixeira se refere ao lance da expulsão do lateral Victor Hugo. Patati, do Santos, trombou de propósito contra o grandalhão afeano e caiu no gramado, simulando agressão. O árbitro entrou na onda e expulsou Victor Hugo.

“Certamente ontem milhares de meninos que jogam futebol no Brasil assistiram ao jogo e tiraram como lição, mais uma vez, que vale muito a pena tentar o fazer o errado, pois muitas vezes dá certo”, seguiu Teixeira.

Na Copa SP, o VAR (árbitro de vídeo) ainda não está disponível. Outro motivo para a reclamação do superintendente.

“Em 2021, talvez o tópico mais falado pela imprensa esportiva em geral foi arbitragem e VAR. Toda rodada do campeonato brasileiro a mesma coisa: fala mal da arbitragem, fala mal do VAR, fala mal da arbitragem, fala mal do VAR… Para quem gosta de futebol o ano de 2022 começa com a mesma novela. A única diferença é que na Copinha não temos o VAR. Parabenizo o Santos pela classificação e pela bela campanha até aqui”, finalizou Marcelo Teixeira.

FONTE/CRÉDITOS: Futebol Interior
Comentários:

Veja também