Araraquara News

Notícias/Cultura

Domingo (22): feira gastronômica no Museu Ferroviário celebra o Dia Internacional dos Museus

Dia Internacional dos Museus

Domingo (22): feira gastronômica no Museu Ferroviário celebra o Dia Internacional dos Museus
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
Área de alimentação ganha força nesta edição, que apresenta ainda: visita ao museu, exposição de ferreomodelismo, feira de artes, artesanato, livros, chorinho e maracatu
 
 
A Secretaria Municipal da Cultura e a Fundart, por meio da Coordenadoria de Acervos e Patrimônio Histórico, promovem uma feira no Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo, neste domingo (22), a fim de celebrar o Dia Internacional dos Museus. Com entrada gratuita, a feira será realizada das 10 às 17 horas.
 
A programação apresenta: museu aberto para visitação, ferreomodelismo, chorinho, maracatu, além de feira gastronômica, livros com autores da cidade, artes e artesanato. Diversos expositores participam desta edição que está mais voltada para a gastronomia, com diversidade de produtos artesanais e frescos.
 
O coordenador de acervos e patrimônio histórico, Weber Fonseca, reafirma “o compromisso dos museus com a comunidade, como um espaço de compartilhamento aberto para que ações educativas, culturais e de memória, seja com uma exposição, um curso ou um evento. É fundamental um museu estar vivo e presente no cotidiano dos cidadãos.” 
Os expositores contam com a participação de: Bolaria, CoffeeTaste, Confeitaria da Tia Rô, COLE SA - Coletivo de Escritores de Araraquara, Emana Artes, Gelato Borelli, Geringonça Editora, Lino Hamburgueria, Los Linos Mexican Food, Marcia Gibran Cozinha Árabe, Padoka, Papilas Beer Kombi, Pastel Lelo, Valéria Acarajé.
 
O Dia Internacional dos Museus, celebrado no dia 18 de maio, foi criado em 1977 pelo Conselho Internacional de Museus com o objetivo de unificar ainda mais as aspirações e esforços criativos dos museus e chamar a atenção do público mundial para sua atividade.
 
O Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo está localizado na Rua Antônio Prado, s/nº, no Centro de Araraquara, na antiga Estação Ferroviária.
 
Gastronomia – Cozinha mexicana, árabe, baiana, sorvete italiano, café, caldo quente, pães e bolos, hambúrguer e pastel estarão presentes na feira. Um time grande de empreendedores da gastronomia participa do encontro: Bolaria, CoffeeTaste, Confeitaria da Tia Rô, Gelato Borelli, Lino Hamburgueria, Los Linos Mexican Food, Marcia Gibran Cozinha Árabe, Padoka, Papilas Beer Kombi, Pastel Lelo e Valéria Acarajé.
 
A ideia é oferecer uma variedade de produtos que possam ser comercializados e consumidos no local, prezando por qualidade e produtos frescos e oferecendo novas experiências gastronômicas com preço acessível.
 
Arte e literatura - O Coletivo Ê.mana Artes leva alguns de seus expositores ao Museu Ferroviário. Com trabalhos artesanais produzidos em Araraquara e região, os artigos se dividem nos segmentos: acessórios, infantil e moda. Variadas opções de presente estarão disponíveis com preços acessíveis e facilidade no pagamento. Produtos feitos artesanalmente por artistas e empreendedores locais demonstrarão afeto, carinho e a força com produtos de qualidade.
 
A literatura tem destaque com os autores locais que ganham espaço nesta edição da feira com a Geringonça Editora e a participação do COLE SA - Coletivo de Escritores de Araraquara. Também, a exposição de maquetes com a Associação de Ferreomodelismo de Araraquara estará disponível para observação.
 
Cultura popular – O grupo Maracatu Sementes Crioulas leva a cultura popular à feira, das 13 às 14 horas, com apresentação de loas autorais e também da Nação Leão da Campina (Recife – Pernambuco), a nação que apadrinhou o “Sementes Crioulas”. Jorge Rufino, coordenador do grupo, conta que “loas” é como são chamadas as “músicas” dentro da cultura da tradição do maracatu.
 
De acordo com o coordenador, aproximadamente 12 batuqueiros participam da apresentação. A maioria dos integrantes é oriunda do Valle Verde, onde o projeto nasceu e desenvolve suas atividades. Vale lembrar que as Oficinas Culturais de Maracatu com o grupo Sementes Crioulas estão com inscrições abertas, sendo realizadas no Quilombo Rosa, aos sábados, das 15 às 18 horas.
 
Música - As atrações musicais com chorinho contam com apresentações de: Pedro Luís Freitas e Quarteto, das 11 às 13 horas; e do Grupo Sarambeque, das 14 às 16 horas. 
 
“Pedro Luiz Freitas e Quarteto” apresenta o bandolinista Pedro Luiz Freitas acompanhado por: Oliver Kofi (Violão 7 cordas), Eduardo Nascimento (Cavaquinho) e Henrique Brandão (Pandeiro). O grupo, além de releituras de choros, também apresenta seu trabalho autoral.
 
Depois, o grupo Sarambeque apresenta a pesquisa que norteia as atividades do grupo, com muita variedade rítmica, melódica e harmônica do choro, na tentativa de entender as suas diferentes manifestações, como o choro sambado, o choro-seresta, o maxixe, o tango brasileiro e a valsa. O Grupo Sarambeque - Choro Tradicional, criado em 2014, também busca entender como as influências europeias e africanas se misturaram tanto na rítmica quanto nas harmonias e melodias para resultar neste gênero único e exclusivamente brasileiro que é o choro.
 
Toda a programação é gratuita. O Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo está localizado na Rua Antônio Prado, s/nº, no Centro de Araraquara, na antiga Estação Ferroviária.
 
SERVIÇO:
Feira gastronômica - Dia Internacional dos Museus
Local: Museu Ferroviário Francisco Aureliano de Araújo (Rua Antônio Prado, s/nº - Centro / antiga Estação Ferroviária)
Data: domingo (22 de maio)
Horário: das 10 às 17 horas
Grátis
Comentários:

Veja também