Araraquara News

Colunas/Opinião

Dia dos Namorados: como os nutrientes podem interferir no seu relacionamento?

A suplementação equilibrada garante ao organismo todos os nutrientes necessários e pode até dar mais disposição ao casal

Dia dos Namorados: como os nutrientes podem interferir no seu relacionamento?
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Dia dos Namorados chegando e casal algum quer estar em atrito, com picuinhas do dia a dia para atrapalhar uma data tão especial... As reclamações de homens e mulheres são polêmicas. Os homens reclamam do efeito da tal TPM (tensão pré-menstrual), a famosa enxaqueca e por aí vai... Já as mulheres reclamam da falta de disposição dos parceiros, que já chegam cansados em casa e, depois de um dia de trabalho e uma alimentação pesada à noite, se deitam e roncam...

Pois é, a suplementação equilibrada, em quantidade e qualidade, garantindo ao organismo todos os nutrientes necessários, pode aliviar os sintomas indesejáveis e até mesmo dar mais disposição ao casal.

A TPM, por exemplo, é representada por um conjunto de sintomas físicos, comportamentais e emocionais, podendo inclusive causar alteração do hábito alimentar, levando a um maior consumo de alimentos açucarados e gordurosos. Tais alimentos podem intensificar os sintomas da TPM devido à baixa concentração de alguns micronutrientes (Pereira, 2022). Assim, a nutrição pode influenciar na intensidade e permanência dos sintomas de TPM e a suplementação de vitaminas e minerais, como cálcio, magnésio e vitamina B6, tem sido preconizada por alguns autores.

Durante as diferentes fases do ciclo menstrual, os níveis de cálcio sérico sofrem oscilações. Alterações nos níveis de cálcio podem explicar sintomas como irritabilidade e agitação, visto que o cálcio e o magnésio auxiliam na produção de serotonina (Abdi; Ozgoli; Rahnemaie, 2019).

A concentração de magnésio em mulheres com TPM é inferior em relação a outras mulheres (Ebrahimi et al., 2012). O magnésio atua significativamente no controle da TPM, reduzindo a duração e intensidade dos sintomas. O tratamento com magnésio é, portanto, um dos mais indicados para enxaquecas ocasionadas pela TPM, além de minimizar a retenção hídrica, ansiedade, desejo por doces, náuseas e fadiga (Schwalfenberg & Genuis, 2017; Pereira, 2022).

A suplementação com vitamina B6, de 40 a 80mg/dia, também tem demonstrado eficiência em diminuir os sintomas da TPM (Koleini &Valiani, 2017; Retallick-Brown, Blampied, Rucklidge 2020). A vitamina B6 aumenta os níveis de serotonina e dopamina, desempenhando um papel essencial na síntese de ácidos graxos e prostaglandinas, que estão diminuídos durante a TPM. A administração de vitamina B6 também apresenta melhora na acne pré-menstrual (Schwalfenberg & Genuis, 2017).

Em relação aos homens, passar muitas horas sem se alimentar quando está fora de casa é um dos motivos pelos quais eles acabam exagerando na refeição noturna, ingerindo muita caloria e uma alimentação pesada. Uma refeição mais leve antes de ir dormir, além da saúde física, auxilia na qualidade de vida do casal. E, nos intervalos das refeições, as barras de proteína e Whey Protein são opções práticas para não passar tantas horas sem comer, para ter no carro, no trabalho e até mesmo na mochila. Assim, ao chegar em casa consegue-se realizar um jantar mais leve, como saladas e uma proteína de mais fácil digestão à noite, como peixe, frango e até mesmo complementar a saladinha com uma ceia a base de whey protein.

Adequar a alimentação, além de fazer bem para a saúde, evita o “calo sexual”: a barriguinha que alguns homens vão adquirindo pode ser reduzida melhorando a qualidade do sono. Que tal seu parceiro roncando menos? Isso não seria maravilhoso?

E uma dica extra para os casais que pretender dar um passo a mais e estão programando constituir uma família é a suplementação com maca peruana. Pois esse processo quando se alonga também acaba gerando angústia ao casal e até causando conflitos na relação.

A maca peruana (Lepidium meyenii) é um dos extratos vegetais mais citados na internet para a melhora do desejo sexual, e a hipótese de que a maca seja eficaz na melhora da função sexual é apoiada por várias linhas de evidência (Teixeira, 2021). Experimentos com animais sugerem que a maca peruana tem atividades espermatogênicas e de aumento da fertilidade, que são provavelmente devido aos fitoesteróis ou fitoestrogênios presentes em sua composição (WANG et al., 2007). Em estudos com homens, a maca peruana melhorou o bem-estar e desejo sexual em pacientes com disfunção sexual (Zenico et al.,2009). A suplementação de maca peruana por 14 dias melhorou desempenho de resistência e desejo sexual em ciclistas treinados do sexo masculino (Stone et al., 2009). Os estudos mostram que a maca peruana melhorou a função sexual em mulheres na menopausa, em mulheres com disfunção sexual induzida pelo uso de medicamentos antidepressivos (Oh et al.,2010; Dording et al.,2015).

Na linha de suplementos da Dr. Shape, homens e mulheres encontram a solução para a TPM, a falta de disposição e a melhora do desempenho sexual e da libido num só produto: o PHT. Trata-se de uma fórmula que combina maca peruana, zinco, magnésio e vitamina B6, ou seja, um potente precursor hormonal para homens e mulheres, que age nos sintomas indesejáveis da TPM, na indisposição e falta de energia e no aumento da libido.

Com o uso do PHT, o casal consegue, juntos, combater os problemas que podem interferir no relacionamento, trabalhando em prol do bem-estar um do outro. Não tem nada mais romântico do que isso no dia dos namorados!

 

*Cintia dos Santos Moser é nutricionista na Dr. Shape.

 

Bibliografia citada:

Abdi F, Ozgoli G, Rahnemaie FS. A systematic review of the role of vitamin D and calcium in premenstrual syndrome. Obstetrics & Gynecology Science, 2019.

Taghiabadi M, Arab A, Rafie N, Askari G. Beneficial role of calcium in premenstrual syndrome: A systematic review of current literature. International Journal of Preventive Medicine, 2020.

Schwalfenberg GK, Genuis SJ. The Importance of Magnesium in Clinical Healthcare. Scientifica, 2017.

Ebrahimi E, Khayati Motlagh S, Nemati S, Tavakoli Z. Effects of magnesium and vitamin b6 on the severity of premenstrual syndrome symptoms. Journal of caring sciences, 2012.

Koleini S;Valiani M. Comparing the Effect of Auriculotherapy and Vitamin B6 on the Symptoms of Premenstrual Syndrome among the Students who Lived in the Dorm of Isfahan University of Medical Sciences. Iranian journal of nursing and midwifery research [Internet]. 2017 [cited 2021 Nov 26];22(5). Available from: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29033988/

Retallick-Brown H, Blampied N, Rucklidge JJ. A Pilot Randomized Treatment-Controlled Trial Comparing Vitamin B6 with Broad-Spectrum Micronutrients for Premenstrual Syndrome. The Journal of Alternative and Complementary Medicine, 2020.

Pereira, A. F. Efeito do cálcio, magnésio e vitamina b6 na minimização dos sintomas pré-menstruais: um estudo de revisão. RECIMA21 - Revista científica multidisciplinar. v.3, n.1, 2022. ISSN 2675-6218.

Teixeira, A. T. R. C. Análise dos efeitos afrodisíacos do ginseng e da maca peruana na sexualidade - uma revisão de literatura. CEUB. Brasíla, 2021.

WANG, Y. et al. Maca: an andean crop with multi-pharmacological functions. Food Research International, v. 40, n. 7, p. 783-792, ago. 2007.

ZENICO, T. et al. Subjective effects of Lepidium meyenii (Maca) extract on well-being and sexual performances in patients with mild erectile dysfunction: a randomised, double-blind clinical trial. Andrologia, v. 41, n. 2, p. 95-99, abr. 2009.

STONE, M. et al. A pilot investigation into the effect of maca supplementation on physical activity and sexual desire in sportsmen. Journal Of Ethnopharmacology, v. 126, n. 3, p. 574-576, dez. 2009.

OH, K. et al. Effects of Korean Red Ginseng on Sexual Arousal in Menopausal Women: placebo-controlled, double-blind crossover clinical study. The Journal Of Sexual Medicine, v. 7, n. 4, p. 1469-1477, abr. 2010.

DORDING, C. M. et al. A Double-Blind Placebo-Controlled Trial of Maca Root as Treatment for Antidepressant-Induced Sexual Dysfunction in Women. Evidence-Based Complementary And Alternative Medicine, v. 2015, p. 1-9, 2015.

 

Sobre a Dr. Shape

A Dr. Shape é a maior rede de franquias de lojas de suplementos alimentares e artigos esportivos da América Latina. Possui mais de 70 lojas instaladas em 18 estados brasileiros. Em 2022, a rede comemora 20 anos de existência, sendo dez dele operando por franquias.

As lojas Dr. Shape comercializam um mix completo de suplementos alimentares, produtos naturais, itens para alimentação saudável, vestuário fitness e artigos esportivos. Além disso, a Dr. Shape possui vitaminas e suplementos exclusivos, de alta qualidade, procedência garantida, autorizados pela Anvisa, compostos pelas melhores matérias-primas do mercado e referenciados por seus clientes.

 

FONTE/CRÉDITOS: Por Cintia dos Santos Moser, Nutricionista, Especialista em Nutrição Esportiva e Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Comentários:

Veja também