Araraquara News

Notícias/Na Trave

A Fórmula 1 atualizou o regulamento sobre os períodos de safety car para esta temporada, após as polêmica

Regulamento esportivo traz alterações para acelerar procedimentos antes das relargadas.

A Fórmula 1 atualizou o regulamento sobre os períodos de safety car para esta temporada, após as polêmica
Divulgação / Twitter: F1
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Fórmula 1 atualizou o regulamento sobre os períodos de safety car para esta temporada, após as polêmicas do GP de Abu Dhabi em 2021.

As alterações nas regras da categoria da F1 confirmou várias mudanças antes dos testes de pré-temporada, com revisões nos carros de segurança para diminuir o tempo de relargada.

O novo regulamento diz: “Se o carro de segurança ainda estiver acionado no início da última volta, ou for acionado durante a última volta, ele entrará no pit lane no final da volta e os carros farão o final da corrida normalmente sem ultrapassar”.

Na última sexta-feira (18), a FIA tornou público o documento com as novas mudanças e estabelece a hierarquia e limita as responsabilidades do diretor de provas, que está acima do secretário de provas em alguns aspectos da corrida. No documento, diz que o "diretor de provas é o único responsável pelo uso do safety car", ou seja, ninguém mais pode dar esta ordem.

Na versão anterior, o artigo 55.13 menciona que uma corrida só poderia ser reiniciada no final da volta seguinte, aquela em que o último carro da volta passasse do líder. Agora essa parte foi alterada para permitir relargadas mais rápidas.

Caso a corrida termine com o carro de segurança na pista, as regras não sofreram alterações, conforme o artigo 55.16.

 

FONTE/CRÉDITOS: Reportagem: Marcelo Fernandes
Comentários:

Veja também