Araraquara News

Notícias/Na Trave

Alívio! Jogadores brasileiros desembarcam no Brasil após fugirem da guerra na Ucrânia

Brasileiros voltaram ao país após os conflitos entre Rússia e Ucrânia

Alívio! Jogadores brasileiros desembarcam no Brasil após fugirem da guerra na Ucrânia
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã desta terça-feira (01), os jogadores brasileiros e seus familiares do Shakhtar Donetsk e do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, desembarcaram no Brasil após fugirem da guerra que começou na semana passada no país contra a Rússia.

O primeiro a chegar no Aeroporto Internacional de Guarulhos, foi o volante Maycon, ex-Corinthians, e atua no Shakhtar. Ao seu lado, estava a esposa Lyarah Vojnovic e do filho pequeno. O jogador foi até a Romênia e depois conseguiu um voo em Frankfurt, e voltou muito emocionado ao Brasil.

"Numa palavra não daria para definir esses últimos dias. Foi uma mistura de sentimentos, de terror, de medo. Depois uma sensação de alívio, de gratificação por poder sair e com todos bem.", disse Maycon que estava no futebol ucraniano e que ficou surpreso com a guerra.

Maycon foi perguntado se após o fim da guerra ele pensa em voltar para o país e afirmou:

"Ainda não parei para pensar nisso. Eu só pensava em ir embora dali. A Ucrânia esta sofrendo muito e fico realmente muito triste por isso. Temos grandes amigos por lá, sentimos muito por eles e torço para que tudo se resolva.", disse o brasileiro.

Desembarcaram também em São Paulo, foi o lateral Dodô, ex-Coritiba, assim como Pedrinho, outro ex-Timão, e Luciano Rosa, preparador físico do Shakhtar. O zagueiro Marlon, ex-Fuminense, desembarcou no Rio de Janeiro. E todos também bem emocionados.

"A gente ficou com muito medo porque era uma situação que a gente não esperava. Mas agora é gratidão.", disse Dodô.

"Agora não é momento de falar sobre isso. Só quero curtir minha família. E torcer para Ucrânia porque é um país que amo. O resto deixo com meus empresário, pois acabo de sair de uma guerra e não é hora de pensar em futebol.", disse Dodô se pensa em voltar para a Ucrânia.

Nesta manhã, outro brasileiro, o volante Fernando, retornou num voo vindo da França. Junior Moraes, atacante naturalizado ucraniano, permanece em Paris.

Reportagem: Marcelo Fernandes

Comentários:

Veja também