Araraquara News

Notícias/Na Trave

Os pilotos brasileiros na fórmula 1

Relembre os grandes pilotos que honraram as cores do Brasil no maior evento de automobilismo do planeta

Os pilotos brasileiros na fórmula 1
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Brasil na Fórmula 1.

A Fórmula 1 chega na Na Trave Esportes e também no Araraquara News, e o Brasil é um dos países com mais histórias nesse esporte, são 8 títulos mundiais e 101 vitórias, passando por pilotos como: Emerson Fittipaldi, José Carlos Pace, Nelson Piquet, Ayrton Senna, Rubens Barrichello e Felipe Massa. O Brasil sempre pulsou Fórmula 1, e uma possível chegada de Pietro Fittipaldi a Haas F1 Team, faz o coração do amante de Fórmula 1 pulsar, mas agora, que tal um pouco da história brasileira na F1?

- Ayrton Senna da Silva

O piloto brasileiro mais vitorioso da história Brasileira na F1, são 3 títulos mundiais em 1988, 1990 e 1991, além de 41 vitórias em 161 corridas. Ayrton passou pelas equipes Toleman (1984), Lotus (1985-1987), McLaren (1988-1993) e Williams (1994), é o maior vencedor do Grande Prêmio de Mônaco com 6 vitórias, conquistou seus 3 títulos em 1988, 1989 e 1990, todos pela McLaren. um piloto histórico que marcou a história nesse esporte, em outras palavras, um herói nacional. Senna infelizmente faleceu em 01/05/1994, em um acidente durante o Grande Prêmio de San Marino.

- Nelson Piquet

Nelson Piquet foi um piloto histórico, nunca teve medo de dizer o que pensava, rival de Senna, Nelson é tricampeão mundial, conquistou o campeonato em 1981 e 1983 pela Brabham e o título de 1987 pela McLaren, além disso tem 23 vitórias na categoria. Nelson era um piloto que não tinha medo de se arriscar, principalmente em momentos de ultrapassagem. Uma curiosidade é que Nelson é sogro do atual campeão mundial, Max Verstappen.

- Emerson Fittipaldi

Um piloto espetacular de ter vencido o mundial de Fórmula 1 em 1972 e 1974, e também sendo vencedor em duas ocasiões das 500 milhas de Indianápolis, uma das principais corridas de todo o automobilismo, o bicampeão passou por Lotus, McLaren e fundou junto de seu irmão Wilson a Copersucar-Fittipaldi, o piloto teve 14 vitórias na F1 em 149 corridas, marcado na história por seus títulos e por sua coragem de trocar a McLaren pela própria equipe, e seu legado pode seguir na Fórmula 1 se Pietro Fittipaldi for para a Haas como dizem os rumores.

- Felipe Massa

O homem que foi campeão mundial durante 21 segundos, no GP do Brasil de 2008, Massa precisava vencer e torcer para Lewis Hamilton chegar em sexto, Massa fez sua parte, mas faltando duas curvas Hamilton passou Timo Glock e chegou na 5º colocação. Mesmo assim Felipe marcou história na Fórmula 1, 11 vitórias e 41 pódios, Felipe foi o último brasileiro a realmente chegar muito perto de um título, uma prova que marcou sua carreira foi o GP do Brasil de 2006, onde Felipe venceu com um macacão com as cores da bandeira brasileira, Felipe correu na Fórmula 1 até 2017, encerrou sua carreira na Williams.

- Rubens Barrichello

O último piloto brasileiro a vencer na F1, Rubinho foi vice-campeão em 2002 e 2004, assim como Felipe, Barrichello também tem 11 vitórias na F1, a última foi no GP da Itália em 2009, no tradicional circuito de Monza. Rubinho tem algumas atuações espetaculares como o GP de Hockenheim de 2000, onde Rubinho largou da décima oitava posição, e percebeu que poderia manter os pneus para pista seca mesmo com alguns trechos molhados na pista, o resultado foi sua primeira vitória, vencendo as McLarens de Mika Häkkinen e David Coulthard.

- José Carlos Pace

O piloto que dá nome ao Autódromo localizado em Interlagos, São Paulo, José conquistou uma vitória na Fórmula 1, no GP do Brasil de 1975, justamente em Interlagos. Moco como era conhecido correu por 3 equipes na categoria: March, Surtees e Brabham. Além disso, Pace correu pela equipe da Ferrari nas 24 horas de Le Mans, a principal corrida de longa duração do

automobilismo, Pace e seu companheiro Arturo Merzario chegaram na segunda colocação, a melhor posição de um brasileiro na história da corrida de Le Mans. Pace faleceu em 18/03/1977, aos 32 anos, vítima de um acidente aéreo, como homenagem, em 1985, o principal autódromo brasileiro passou a ser nomeado como Autódromo José Carlos Pace, que recebe corridas da Fórmula 1 até os dias atuais.

FONTE/CRÉDITOS: Comentarista - Mateus Dias
Comentários:

Veja também